16.3.06

Há um ano!

A reler: Sizentismo , por Paulo V. Araújo
«(...) É preciso dizer claramente que a arte que assim destrói o espaço público não presta: é irrisória, é arrogante, é desrespeitadora da cidade e da sua memória; é infinitamente inferior à arte dos calceteiros que compuseram os expressivos desenhos que serão imolados ao cinzento uniforme do granito, e à dos jardineiros que mantêm pacientemente os canteiros agora proscritos.»

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home