18.6.05

Razão de ser do Manifesto/ Abaixo-assinado

NOTA EXPLICATIVA Manifesto/ Abaixo-assinado de protesto

Em finais do passado mês de Abril, a empresa Metro do Porto S.A. iniciou as obras de remodelação da Avenida dos Aliados segundo um projecto adoptado sem qualquer consulta pública e por ajuste directo.
Esse projecto prolonga a estética perfilhada pelos projectos da Porto 2001 com a substituição da "calçada portuguesa" por grandes superfícies cobertas a granito sem qualquer respeito por árvores e zonas ajardinadas.
Além da descaracterização e perda patrimonial que estas intervenções significam, o granito agravará notoriamente, como já sucede noutros locais da cidade, as condições climáticas locais,
nomeadamente a ilha de calor, com sérias implicações para a qualidade ambiental da cidade.

Uma intervenção tão radical no coração da cidade do Porto, com impacto relevante no ambiente e nas condições económicas e sociais dos portuenses, nunca deveria ter avançado desta lamentável forma autocrática
(Lei n.º83/95).
Só uma ampla consulta popular, seguida de concurso público em que fossem claros os valores patrimoniais a preservar, poderia legitimar uma intervenção transformadora na Av. Aliados e Praça da Liberdade. Na ausência de um tal procedimento, a Metro do Porto SA dever-se-ia limitar a cumprir o contrato e simplesmente repor a traça original do conjunto.

Não podemos assistir mudos e quedos a um processo que, por afectar um local tão emblemático, abre as portas a todo o tipo de intervenções arbitrárias na cidade à revelia dos seus cidadãos.

Está a circular um
abaixo-assinado de protesto que já recolheu um número representativo de assinaturas. As Associações cívicas e os portuenses não podem alhear-se deste movimento!
Exerça o seu direito de cidadania.

Aqui vão alguns atalhos com informação sobre o projecto e as obras em curso.

(a) Informação oficial da Câmara:
http://www.cm-porto.pt/pageGen.asp?SYS_PAGE_ID=455902&ID=1373
http://www.cm-porto.pt/document/449218/477155.pdf

(b) Imagens das obras, exibindo o contraste entre a calçada portuguesa o
granito:
http://campo-aberto.blogspot.com/2005/06/na-avenida-dos-aliados-as-obras.html

(c) Fotos da Praça da Liberdade ainda não tocada pelas obras:
http://dias-com-arvores.blogspot.com/2005/06/o-ltimo-vero.html

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home